segunda-feira, 18 de setembro de 2017

ÓRGÃOS GESTORES E USUÁRIOS DE ÁGUA DISCUTIRÃO A CRISE HÍDRICA DO VALE DO AÇU DIA 22



A grave crise hídrica do Vale do Açu, com o baixo nível de água da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, será objeto de reunião, na próxima sexta-feira, 22 de setembro, a partir das 9 horas, no auditório da Universidade Estadual (UERN), campus de Açu-RN. A informação é do presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica Piancó-Piranhas-Açu (CBH-PPA) e articulador estadual do Seapac, agrônomo José Procópio de Lucena. Ele classifica a situação como “dramática e de grandes proporções, atingindo o setor produtivo, consumo humano e dessedentação animal, com risco real de colapso total a partir de dezembro deste ano”.

A reunião terá como objetivo “reavaliar a Resolução Conjunta ANA/IGARN Nº 1202, de 26 de outubro de 2015, que estabeleceu regras de restrições de uso de água e Termo de Alocação de Água 2017-2018, da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, aprovado em 1º de agosto de 2017, que, entre outros acordos, estabeleceu uma defluência constante de 5m3\s da barragem”. Atualmente, a barragem está com menos de 17% da capacidade total. As decisões serão pautadas na Lei 9433\97.


O problema vem sendo debatido desde a semana passada, quando foram realizadas três reuniões envolvendo órgãos gestores, o CBH-PPA, usuários, prefeitos, vereadores e sociedade civil organizada. Juntos, discutiram e encaminharam propostas buscando soluções que possam dar resposta a essa criticidade hídrica. Dentre as soluções apontadas pelo coletivo uma foi realizar reunião conjunta com a ANA, SEMARH, IGARN, irrigantes, usuários diversos de água, prefeitos, vereadores e sociedade civil organizada, e que será realizada na sexta-feira, 22.

Fonte: Seapac Estadual

Nenhum comentário:

Postar um comentário