Minha lista de blogs

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Vereadora Josiene de Fabinho solicitou da gestão municipal que seja feita reforma nas traves da quadra de esporte do Povoado Rajada



A Vereadora Josiene de Fabinho (PSD) usou a tribuna da câmara municipal no dia (10//09), para defender o requerimento nº. 054/201, a qual solicitou ao Exmº Sr. Gilson Dantas de Oliveira Prefeito Municipal, informações a respeito das Ruas que ainda necessitam de pavimentação em Carnaúba dos Dantas/RN.

Na justificativa diz que tal reivindicação se faz necessária tendo em vista que o papel constitucional do vereador é de legislar e fiscalizar as ações do Poder Executivo Municipal, tendo como base o Art. 25 da Lei Orgânica Municipal.

Por fim, a vereadora enfatizou na tribuna da câmara que o prefeito municipal Gilson Dantas veja com urgência a reforma das traves da quadra de esporte do Povoado Rajada, que estão totalmente quebradas, os desportista da Rajada a vários meses que não vem praticando o esporte por motivos das travas estarem totalmente quebradas enfatizou a edil.

Fonte: Blog do Fábio Locutor

SÓ FALTA APENAS 02 DIAS: para a grande festa social do Padroeiro São Francisco de Assis do Povoado Ermo


Será realizado neste sábado (22/09) na quadra de esporte do Povoado Ermo municipio de Carnaúba dos Dantas a tradicional Festa Social do Padroeiro São Francisco de Assis do Ermo 2018.

Inicio às 22h00

As atrações serão as seguintes:

Evan & Forró do Namoro,  Felipe Santos e Dj Oksom

Totalmente grátis.
Org: Associação comunitária do Ermo




RN discute regionalização de serviços de Saúde e plataforma DigiSUS



O Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio Grande do Norte (NEMS/RN), sediou, na última sexta-feira (14), um seminário para o debate em torno da implantação das Macrorregiões de Saúde no Estado, nas ações da atenção básica e de média e alta complexidade. Na ocasião também foi apresentada a nova plataforma de gestão DigiSUS. O encontro contou com o apoio do Departamento de Articulação Interfederativa do Ministério da Saúde (DAI/SE/MS).
O seminário faz parte do cronograma apresentado para a execução do Planejamento Regional Integrado, previsto na Resolução nº 37/2018 da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), cujo principal objetivo é organizar os estados das regiões Centro-Oeste, Sudeste, Nordeste e Sul em macrorregiões. O Rio Grande do Norte foi dividido em duas macrorregiões, sendo elas Natal, que contempla toda a região metropolitana, e Mossoró, abrangendo o interior do estado.
Participaram do evento, no auditório do Núcleo, em Natal, a coordenadora-geral do NEMS/RN, Luciana Clédina Lopes; a coordenadora-geral de Articulação de Instrumentos da Gestão Interfederativa do DAI, Noely Fabiana Oliveira de Moura, e os técnicos Ricardo Sales e Cláudia Correia, do DAI; servidores da Seção de Apoio Institucional e Articulação Federativa do NEMS/RN e representantes de outros órgãos, como Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap-RN), Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems/RN), Coordenadoria de Hospitais e Unidades de Referência (Cohur) e Coordenadoria de Planejamento e Controle do Sistema de Saúde (CPCS), totalizando mais de trinta participantes.
A coordenadora-geral de Articulação de Instrumentos da Gestão Interfederativa do DAI, Noely Fabiana Oliveira explica que a escolha das sedes virtuais das macrorregiões de Natal e Mossoró foi realizada a partir de estudo do Ministério da Saúde em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais. Além disso, ela ressalta a importância das reuniões regionais para o alinhamento das principais questões e delimitar novas diretrizes. “Estamos aqui para ouvir vocês e assim buscar as melhores resoluções para o estado”, disse.
O processo de macro-regionalização visa melhorar a resolutividade em saúde, ampliando o atendimento de saúde básica e concentrando o atendimento de média e alta complexidade, assim disponibilizando os três níveis em todo o território estadual. O Rio Grande do Norte possui, atualmente, oito regiões e de acordo com o projeto a implantação das macrorregiões não altera as que já existem, apenas agrupa-as.
Durante o encontro, a assessora da Coordenadoria de Planejamento de Serviço e Saúde do RN, Maria Goretti Fernandes Cunha apresentou o cronograma de estabelecimento das macrorregiões que foi dividido em sete etapas. Segundo ela, com este calendário será possível cumprir o Planejamento Regional Integrado (PRI), obedecendo as necessidades de cada município.
A representante do COSEMS/RN, Solane Costa reafirmou a necessidade de divisão regional. “Ficamos com duas macrorregiões por conta da série histórica dos serviços de alta complexidade nas duas macro, é um processo de construção. O ser humano precisa de atendimento básico e de alta complexidade, só uma macrorregião não dará conta, este é o reconhecimento que consideramos e repassamos para o ministério e a comissão Tripartite”.
Segundo a chefe da Seção de Apoio Institucional e Articulação Federativa do NEMS/RN, Fabiana Figueiredo, o grupo de planejamento regional pode agregar ainda mais componentes e tornar o processo de construção mais participativo. “Nós temos muitos movimentos, precisamos retomar esse grupo, ampliar, porque já temos muito construído e precisamos juntar, discutir, levar para as regiões e publicizar”.
Plataforma DigiSUS
Finalizando as discussões, foi apresentada a plataforma DigiSUS que institui a estratégia de saúde digital no Brasil. Este instrumento de planejamento substituirá outras duas ferramentas utilizadas atualmente nas gestões. O sistema auxiliará principalmente no envio dos planos gerenciais de saúde pública, possibilitando uma troca maior entre estado e município em prol da regionalização.
Cláudia Correia, da Seção de Instrumentos do SUS do Departamento de Articulação Interfederativa (DAI) trouxe ao seminário a situação atual do estado em relação ao gerenciamento dos planos municipais de saúde. De acordo com os dados apresentados, dos 167 municípios do RN, pouco mais de 50% ainda não enviaram os planos municipais de saúde referentes ao ano de 2017.
Ainda ficou esclarecido que a plataforma está em fase de teste e que a previsão de lançamento será até o final de setembro.
Por Renata Duarte e João Bosco de Araújo, do Ministério da Saúde no RN
Fonte: CNS


Supermercado Dantas é quem vai fornecer gêneros alimentícios e produtos de bomboniere a prefeitura municipal de Carnaúba dos Dantas durante 12 meses.

                                                                Foto ilustrativa
GABINETE DO PREFEITO
EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 028/2018

EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS nº 028/2018

Órgão Gerenciador: Município de Carnaúba dos Dantas/RN – Prefeitura Municipal, CNPJ Nº 08.088.254/0001-15, Fornecedor:
FRANCENILDO DANTAS-ME, INSCRITO PELO CNPJ N° 70.324.744/0001-47, saiu vencedora nos itens: 01, 02, 03, 05, 06, 07, 09, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 20, 21, 22, 23, 24, 28, 29, 30, 31, 32, 33, 34, 38, 39 e 40; com valor total de R$ 289.605,85 (duzentos e oitenta e nove mil, seiscentos e cinco reais, oitenta e cinco centavos).
OBJETO: Registro de Preços para Contratação Futura de Empresa para fornecimento de gêneros alimentícios e produtos de bomboniere, para atender as necessidades das Secretarias Municipais durante o exercício de 2018.
Da vigência: A presente ARP terá sua vigência de 12 (doze) meses a contar da sua assinatura.

Carnaúba dos Dantas/RN, 28 de agosto de 2018

GILSON DANTAS DE OLIVEIRA
P/ Órgão Gerenciador e a Empresa
Francenildo Dantas-ME
P/ Fornecedor.


Fonte: Blog do Fábio Locutor/ FEMURN