Minha lista de blogs

terça-feira, 11 de julho de 2017

GOVERNADOR ROBINSON FECHARÁ HOSPITAL REGIONAL DE ACARI E OUTROS DO ESTADO EM ATÉ 120 DIAS


O que a população temia vai acontecer, o governo do RN assinou um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta com Ministério Público do Trabalho, Procuradoria de Justiça e Ministério Público, com o propósito de em até 120 dias transformar várias unidades de saúde, e entre elas a de Acari (Hospital Regional Dr. Odilon Guedes), em UPA’s ou UBS’s.
Veja alguns trechos do TAC assinado ontem dia 08 de julho:
TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA nº 138/2017
O MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO – PROCURADORIA REGIONAL DA 21ª REGIÃO E O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, por seus membros abaixo identificados, no desempenho de suas atribuições institucionais, e o ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, pessoa jurídica de direito público interno, representado pelo Governador do Estado do Rio Grande do Norte, assistido pelo Procurador Geral do Estado, e pelo Secretário Estadual de Saúde, na forma do art. 5.º, § 6.º da Lei 7.347, de 24 de julho de 1985.
 
3.2 – Elaborar plano de revisão do quantitativo e hospitais da rede, com base em critérios de otimização dos recursos orçamentários escassos e indicando a conversão de hospitais que não apresentam condições estruturais de atendimento pleno para Unidades de Pronto-atendimento, UBS – Unidade Básica de Saúde, Sala de Estabilização ou outro formato adequado, devendo ser avaliados, especialmente, as seguintes unidades com justificativa expressa de manutenção ou readequação:
 
Hospital Regional Prof. Dr. Getúlio de Oliveira Sales – Canguaretama
Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira – Caraúbas
Hospital Regional de João Câmara
Hospital Regional Dr. Odilon Guedes – Acari
Hospital Regional de São Paulo do Potengi
Hospital Regional de Angicos
Hospital Regional de Apodi
 
3.3 – Elaborar cronograma de desativação dos hospitais definidos no plano de revisão citado na cláusula anterior, em prazo não superior a 120 (cento e vinte) dias, ou transferência da estrutura física das unidades desativadas para entes municipais.
O governador Robinson Faria jamais será esquecido, pelo desserviço prestado a sociedade, seja na saúde ou na segurança.

Fonte: Blog Nelder Medeiros

PROGRAMA CISTERNAS NAS ESCOLAS CHEGARÁ A 49 ESCOLAS DE 6 MUNICÍPIOS DO TRAIRI POTIGUAR



O Seapac concluiu as visitas às escolas rurais dos Municípios de Tangará, Coronel Ezequiel, Serra Caiada, Lajes Pintadas, Monte das Gameleiras e Boa Saúde, que conquistaram cisternas do Programa Cisternas nas Escolas. A partir de agora, começa a implementar processo que visa construir 49 cisternas de 54 mil litros de água em igual número de escolas. Nos próximos dias 18, 19 e 20 serão realizadas 3 atividades envolvendo as forças e agentes desses municípios, como parte preparatória antes do início da construção das cisternas.

No dia 18, a partir das 14h30, no Instituto Cônego Monte, de Santa Cruz, região Trairi do Rio Grande do Norte, o coordenador da linha de Convivência com o Semiárido e do Programa Cisternas nas Escolas, do Seapac, Agrônomo Damião Santos, reunirá as Comissões Municipais que acompanharão a execução do Programa, em cada município. Na ocasião, os integrantes das comissões receberão uma capacitação sobre “Educação Contextualiza no Semiárido”, através de um painel conduzido pela Professora Ana Almeida, da Rede de Educação do Semiárido Brasileiro (RESAB). Depois do painel, haverá um momento para debates e discussões sobre o tema.

No dia 19, a partir das 8 horas, no mesmo local, Damião fará uma apresentação do Programa Cisternas nas Escolas, para as Comissões. Em seguida, haverá debate sobre “O papel das comissões municipais no controle das políticas públicas”. À tarde, haverá a socialização da situação atual das escolas, em cada município, e a apresentação do cronograma de execução da construção das cisternas.

Finalmente, no dia 20, a partir das 8h30, também no Instituto Cônego Monte, o Professor Alexandre Eduardo de Araújo, do Departamento de Agricultura/CCHSA/UFPB e da coordenação Executiva da RESAB, falará sobre “Os desafios da Educação do campo, no campo semiárido”. Nesse encontro estarão presentes os gestores municipais da Educação, incluindo os diretores dos Centros Rurais, os professores e os integrantes das Comissões Municipais. Na ocasião, será reapresentado o cronograma de execução das atividades de construção das cisternas e a socialização da situação das escolas em cada município. O encontro termina com uma discussão sobre o termo de adesão e compromisso do Poder Público com o programa de construção das cisternas.


Fonte: Facebook Seapac