Minha lista de blogs

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Peregrinação de Nossa Senhora das Vitórias já está acontecendo em Natal




Já foi iniciada a peregrinação da Imagem de Nossa Senhora das Vitórias nas residências dos carnaubenses ausentes que moram em Natal, que fazem parte da Associação Recreativa dos Carnaubenses Ausentes (ARCA).

Este ano os carnaubenses ausentes estarão participando do novenário da Festa de Nossa Senhora das Vitórias, no dia 19 de outubro, dia em que acontecerá na Escola Estadual "Caetano Dantas" a homenagem aos ex-alunos do referido educandário.

Nesse dia o Repórter Toscano Neto também será homenageado, por ser o comunicador mais antigo da cidade que há mais de 50 anos divulga o município carnaubense nos meios de comunicação falada e escrita e pelo mesmo ter também estudado na Escola Estadual "Caetano Dantas" na década de 60.

Fonte: Blog do Toscano Neto
PUBLICIDADE


Hospital referência em Parnamirim tem 70 pacientes nos corredores, diz SINMED



 O presidente do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed RN), Geraldo Ferreira, realizou uma visita técnica na manhã desta quarta-feira (28) ao Hospital Regional Deoclécio Marques de Lucena, em Parnamirim. Segundo ele, o hospital, que tem hoje cerca de 85 leitos, tem 70 pacientes nos corredores.

“O Hospital está em obras há algum tempo e é preciso que essas obras sejam efetivadas, o que levaria o número atual de leitos praticamente a ser duplicado e acabaria com esses [pacientes nos] corredores”, disse o médico Geraldo Ferreira.

A visita faz parte de um conjunto de ações fiscalizatórias que o Sinmed RN desenvolve para tomar conhecimento da estrutura e dos hospitais e Unidades de Saúde do Estado, bem como das condições de trabalho e deficiências enfrentadas pelos profissionais no dia a dia desses hospitais.

O Deoclécio Marques é referência em ortopedia e politrauma e realiza cerca de 500 procedimentos cirúrgicos por mês. A reforma deve ampliar a quantidade de leitos que, hoje, soma um total de 86, número insuficiente para a demanda que o hospital recebe, o que resulta em filas de macas instaladas com pacientes internados nos corredores. Com a reforma, a quantidade de leitos deve dobrar.

“É nítida a relevância do Hospital Deoclécio para a população do RN e é visível a necessidade de ampliação, haja vista que a quantidade de pacientes nos corredores que passam de 70, chegando a picos acima de 80, ou seja, o número de pacientes dos corredores é igual à quantidade de leitos que o hospital oferece. O nosso trabalho é ter conhecimento de causa e sensibilizarmos o Governo do Estado a implementar essa obra que já tem inclusive recursos assegurados”, comentou Dr. Geraldo.

Fonte: Plantão Seridó

PUBLICIDADE